segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Gyaru


"Lindas, poderosas e glamourosas. Mas que estilo é esse? Gyaru, é claro!"
-Best Intro EVER!! xD


Originalmente inspirada em uma marca de jeans dos anos 70, “Gyaru” ou “Gal” é a pronúncia japonesa para “Girl” em inglês, ou Garota(s). Possui muitas vertentes, mas todas estão relacionadas ao glamour e consumismo por vezes em excesso de marcas e últimas tendências da moda.♥


É um dos estilos mais próximos ao Ocidente, mas por influência da moda japonesa, que dá liberdade para brincar com todo tipo de combinações inusitadas e divertidas, as Gyaru misturam cores, estampas, brilhos e toda uma liberdade que a moda urbana permite, trazendo cara própria e um estilo bem ousado para os padrões Orientais, com seus decotes e saias curtas.


Algumas das principais características do estilo, mas não necessariamente regra, é o bronzeamento artificial, que é inspirado nas norte-americanas californianas, os cabelos loiros, extremo cuidado com maquiagem, penteados e decoração de todos os tipos em acessórios, como unhas e celulares!


Os locais mais propensos a se encontrar uma Gyaru são as grandes cidades, assim como as demais subculturas e tribos urbanas, no entanto, se formos considerar o principal foco, Tokyo, existem sim Gyaru no bairro de Harajuku, mas o epicentro de sua moda é sem dúvida o bairro Shibuya. É lá que se encontram o famoso cruzamento Shibuya, a estátua do cão Hachikō, e também aonde se localizam as principais marcas da moda Gyaru, o edifício Shibuya 109.


s Gyaru trouxeram uma revolução não apenas na aparência (o choque causado pelas Manba nos anos 90 – começo do estilo – ainda as descreve como um dos estilos mais marcantes da história das subculturas do Japão), quanto comportamentais, pois ao contrário do ideal japonês (pele alva, educação, vida regrada e trabalho em primeiro lugar) as Gyaru inicialmente eram o oposto (provavelmente uma reação à esses padrões tão rígidos e enraizados), com o visual bronzeado ao extremo, personalidade expansiva e exibicionista, atitude forte e gosto pela diversão e vida noturna das cidades. 

Com o passar do tempo criaram-se novos subestilos mais brandos e diversificados para todos os gostos entre as Gyaru. O estilo não é apenas para mulheres, sua versão masculina é o Gyaruo.
Veja abaixo apenas alguns dos muitos sub-estilos que existem entre elas:
As Kogal (ou Kogyaru – Ko: estudante), Gyaru em idade escolar que são também consideradas as precursoras do estilo.


As OneeGyaru (Onee: mais velha), com estilo mais maduro e sofisticado.


Entre as Gyaru não bronzeadas (ou Ganjiro) existem por exemplo as HimeGyaru (Hime: Princesa), subestilo que remete às princesas ocidentais, com muito luxo e glamour.


Por um outro lado temos as Manba, o mais radical dos subestilos, com a pele bem bronzeada, maquiagem estilo “panda”, cores e muita atitude.


Temos também as B-gals (ou B-Gyaru), subestilo voltado ao mundo do Hip Hop.


As HaadyGyaru (Haady: Hard)com inspiração nos anos 80, muitas cores e brilhos.
Os subestilos são criados e modificados de acordo com padrões comportamentais diversos (B-Gyaru por exemplo se diferencia por estar envolvida com a comunidade do Hip Hop, Kogal é constituída por garotas em idade escolar, Onee Gyaru por garotas mais velhas, HimeGyaru e Manba pelas mais extremas – no caso extremos opostos, e assim por diante) e por tendências da moda (a cada nova estação também nasce um novo subestilo e este morre ou se modifica ao final dela – exemplos: Haady Gyaru, Mori GyaruRokku GyaruRoma Gyaru, etc).


Atualmente o estilo passou por mais uma transformação surpreendente.
O mundo das Gyaru é muito vasto e diferente. Esta é apenas uma pequena amostra de tudo o que elas são e conseguem criar em termos de moda !

Fonte: Harajuku BR

Nenhum comentário:

Postar um comentário